Home

Curso "Vamos Publicar" acontece nos dias 8 e 9 de setembro

Com objetivo de aperfeiçar a escrita científica e desenvolver produções científicas com padrão internacional, uma nova edição do curso “Vamos Publicar” será realizado na Universidade Federal do Amazonas – Ufam. O evento ocorre nos dias 8 e 9 de setembro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no Auditório Rio Amazonas, na Faculdade de Estudos Sociais (FES), setor Norte do Campus Universitário Senador Arthur Virgílio Filho, em Manaus.

 

O curso será ministrado pelo especialista em treinamento e orientação sobre produções científicas, Gilson Volpato, professor da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) o curso terá como tema “Construção intelectual e prática de projetos de pesquisa científica”. Para maiores informações acesse aqui

 

Alunos de Pós-Graduação iniciam atividades acadêmicas

O pesquisador, William Ernest Magnusson foi o convidado para ministrar a aula magna dos alunos e docentes dos Programas de Pós-Graduação da Universidade Federal do Amazonas - Ufam. O evento marca o início das atividades acadêmicas do segundo semestre de 2016 e é um momento de integração da comunidade acadêmica dos cursos de Mestrado e Doutorado da instituição. O pesquisador William Ernest Magnusson abordou sobre a atuação do subconsciente no processo de comunicação.

 

Estiveram presentes na aula, que ocorreu no auditório da Faculdade de Direito, a reitora da Universidade, professora Márcia Perales; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, professor Gilson Monteiro; o diretor do Departamento de Acompanhamento e Avaliação da Pós-graduação, professor Afonso Duarte; a diretora do Departamento de Programas Institucionais da Propesp, professora Cássia Maria Nascimento e também a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Maria Emília Abbud.

 

Durante o evento o professor explicou que o subconsciente responde por grande parte das ações humanas. Por isso, ele apresentou a importância do toque, no sentindo de sensibilizar a comunicação e a interação das relações humanas despertando empatia na pesquisa. Para o professor, o toque estimula no outro a ação do subconsciente e garante maior sucesso nas interconexões comunicativas, ou seja, o texto científico precisa tocar o outro.

 

Para Magnusson, realizar pesquisa na Amazônia é uma forma de proteger e conservar a floresta. Ele comentou que passou a conhecer mais região a partir do acesso à estudos realizados em prol da conservação e avanço da Amazônia. Para o professor, não é fácil produzir publicação científica, pois, vários fatores influenciam para a falta de êxito dos pesquisadores, entre eles, problemas de relacionamentos sociais e emocionais. 

 

De acordo com o pesquisar uma alternativa para superar essas dificuldades seria realizar trabalhos em conjunto, em união, em parcerias. Esse pensamento é uma maneira de sair de um padrão de pensamento cartesiano, que leva à fragmentação do conhecimento, negligenciando as relações que existem entre os diversos conhecimentos e que são essenciais à visão significativa do todo. O pensamento de William Magnusson sinaliza para os rumos que a Nova Ciência busca na atualidade, convergindo para o que é produzido no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, em relação aos Ecossistemas Comunicacionais. 

 

PROPESP realizará Aula Magna da Pós-graduação

 

 A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesp/Ufam) realizará, na quarta-feira, 24, a Aula Magna de abertura da Pós-graduação para o segundo semestre de 2016, no auditório da Faculdade de Direito.

 

A aula terá como tema uma reflexão sobre Comunicação Científica, com o pesquisador William Ernest Magnusson, do Instituto Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação para a Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM).

 

A Propesp destaca a importância fundamental da presença de todos os alunos dos PPGs da UFAM no evento. Mais informações abaixo.

 

 

 

 

 Serviço:

DIA: 24/08/2016 – (quarta-feira)

HORÁRIO: 14h30 min.

TEMA: Comunicação Científica

PALESTRANTE: William Ernest Magnusson é Pesquisador 1A  do CNPq e Títular III do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia e coordena o Instituto Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação para a Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM) e o Programa de Pesquisa em Biodiversidade para Amazônia ocidental (PPBio-AmOc). É autor de mais que 200 publicações sobre a biodiversidade amazônica e membro da Academia Brasileira de Ciências.

LOCAL: Auditório da Faculdade de Direito - FD (Campus Universitário – Setor Norte)

 

PPGCCOM parabeniza os alunos da turma de 2015 pela defesa dos Exames Gerais de Qualificação

 O Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação parabeniza os alunos da turma de 2015 pela defesa, dentro do prazo de julho de 2016, dos projetos de pesquisa nas bancas de Exame Geral de Qualificação.

 

No total, foram 10 bancas de qualificação, defendidas no período de junho a julho de 2016. Todos os alunos tiveram seus projetos aprovados para execução da pesquisa durante o segundo ano do curso de mestrado.

 

Duas bancas de defesa ainda serão realizadas no período de agosto a setembro de 2016, finalizando, desta maneira, o processo de qualificação de todos os alunos ativos da turma de 2015.

 

O exame de qualificação tem por objetivos avaliar os rumos e os progressos obtidos até então no projeto de pesquisa; avalia ainda a maturidade e o conhecimento científico do estudante, bem como sua capacidade de articulação didática. Este exame pode servir de base para o aperfeiçoamento do projeto de pesquisa do mestrando.

 

PPGCCOM discute pesquisa científica no Intercom Norte 2016

  A mesa redonda 'Pesquisa na Pós-graduação em Comunicação' reuniu egressos, pesquisadores em formação e a coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação (PPGCCOM) para discutir e apresentar as pesquisas realizadas no âmbito das relações comunicacionais, com abordagem ecossistêmica, na região amazônica. O encontro fez parte da programação do XV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação na Região Norte (Intercom Norte 2016), realizado em Boa Vista - Roraima.

 

 A mesa iniciou com a coordenadora do PPGCCOM, profa.Dra.Maria Emília Abbud, contando o panorâma histórico do curso, a construção da ementa e a recomendação da CAPES em 2007. Apresentou as linhas de pesquisa “Redes e Processos Comunicacionais” e “Linguagens, Representações e Estéticas Comunicacionais” que auxiliam na construção e identificação do pensamento científico dos Ecossistemas Comunicacionais. 

 

 Em seguida, os egressos, Gad Amorim e Rosangela de Oliveira, apresentaram os resultados das pesquisas que desenvolveram no PPGCCOM. No trabalho de Gad Amorim, “Redes Sociais, uma perspectiva ecossistêmica: Publicidade de alimentos no Facebook”, ele analisou a publicidade de alimentos vinculadas na rede social e os impactos das postagens no cotidiano das pessoas. 

 

 O trabalho da egressa, Rosangela de Oliveira, intitulado “A influência da cultura organizacional nas práticas comunicacionais de uma instituição de ensino superior católica no Amazonas” abordou as formas de comunicação da instituição de ensino, tanto na prática da “acolhida” dos estudantes universitários quanto na utilização do email como suporte comunicacional. 

 

                                         

 

 Outro trabalho apresentado foi o “Branding Emocional: as sensações durante a experiência olfativa do consumidor em sua relação com o ecossistema comunicacional da marca Farm”, da pesquisadora em formação, Sarah Batista. Em fase de conclusão da pesquisa, Sarah apresentou os resultados parciais e explicou a metodologia e os recursos utilizados para o trabalho como: análise do ambiente, tipo de público, o aroma empregado nas roupas, e discorreu sobre comunicação visual. 

 

 A mesa resultou numa reflexão sobre a história do PPGCCOM na elaboração e construção do pensamento ecossistêmico na comunicação, considerando a Amazônia para a gestão do conhecimento científico.  

 

Sub-categorias